Conferência Nas Fronteiras da Gravitação, por Vitor Cardoso (última do ciclo Nas Fronteiras do Universo)

Informação recebida por mail da F. C. Gulbenkian

 

NAS FRONTEIRAS DA GRAVITAÇÃO | VITOR CARDOSO | 24 Fevereiro 2010 | 18h00

« A Relatividade Geral de Einstein é tida como um dos maiores feitos do pensamento humano. Nesta sessão vamos falar um pouco sobre o que esta teoria é, e o que nos diz acerca do mundo que nos rodeia. Vamos também debruçar-nos sobre algumas das previsões mais fantásticas, como buracos negros e ondas gravitacionais, passando pelas lentes gravitacionais.

Vitor Cardoso é investigador no Instituto Superior Técnico (IST), onde trabalha no CENTRA – Centro Multidisciplinar de Astrofísica. É também professor-adjunto na Universidade do Mississippi. Foi investigador de pós-doutoramento nas Universidades de Coimbra, Washington em St. Louis, e Mississippi.

Recebeu em 2002 e em 2005 o Prémio de Estímulo à Investigação da Fundação Calouste Gulbenkian pelo seu trabalho sobre buracos negros e em 2008 o Prémio Jovem Investigador UTL/ Caixa Geral de Depósitos, na área de Física.

Em 2008-2009 foi cientista Fulbright no Mississippi e é actualmente membro da colaboração científica do LIGO. A sua pesquisa incide principalmente sobre buracos negros, fontes de ondas gravitacionais e a sua detecção, e também sobre efeitos gravitacionais em colisões relativistas.  

Fundação Calouste Gulbenkian | Auditório 2

Transmissão directa nos espaços adjacentes 

Videodifusão | http://live.fccn.pt/fcg/

Rita Rebelo de Andrade

Serviço de Ciência,  Fundação Calouste Gulbenkian

fronteiras.universo@gulbenkian.pt »

Sobre Américo Tavares

eng. electrotécnico reformado / retired electrical engineer
Esta entrada foi publicada em Divulgação, Física, Gulbenkian, Notícia com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Uma resposta a Conferência Nas Fronteiras da Gravitação, por Vitor Cardoso (última do ciclo Nas Fronteiras do Universo)

  1. Martim Lapa diz:

    Caros Senhores
    Nao ha duvida que a relatividade geral e um dos maiores feitos do pensamento humano mas e preciso nao esquecer tambem a teoria relativista do campo nao simetrico, no livro divulgado por mim- “O significado da relatividade”, que trata da passagem da teoria para os campos nao simetricos, e apenas verdade dizer que Einstein nao foi um matematico, tao importante como os seus inspiradores Riemann, Jacobi, Ricci ou Kronecker, desenvolve sobretudo o calculo tensorial, embora tenha, uma tremenda versatilidade matematica. Sera que espaço gravitaçao e tempo sao geodesicos?, sao sem duvida cinematicos mas isto aplica-se a gravitaçao?, a verdade e que a relatividade geral esta cheia de manobras matematicas de calculo tensorial. Sera que nos planetas o tempo varia de acordo com a massa planetario isto e dificil de acreditar de acordo com as sondas que foram enviadas a varios planetas de grande massa e preciso com efeito encontrar um termo de compromisso entre a geodesia temporal e o espaço de tempo uniforme, e necessario para isso talvez uma nova abordagem matematica cientifica racional e filosofica, as ferramentas matematicas para esta tarefa sao complexas, e e preciso uma nova equacionalidade racional deste problema.
    Martim Lapa /P. Rose

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s