A necessidade de moderar o ritmo de entradas publicadas

Ao fim de um ano de ter mantido uma publicação regular neste blogue vejo que não consigo continuar com o mesmo ritmo traduzido, neste período, em 218 entradas. Por várias razões: para não me repetir, para tentar não cometer erros…; recentemente num exercício simples de integração (*), enganei-me e logo que detectei o erro corrigi-o, assim como o farei de futuro, sempre que eu o veja ou algum dos leitores me alerte. Mantendo-me na Matemática, pretendo ler, estudar e reflectir mais, esperando ser capaz de vir a produzir exposições mais ricas, independentemente da sua extensão, embora mais espaçadas. Só o futuro dirá se o vou conseguir.

Fora da Matemática e do blogue tenho necessidade de me dedicar a outras actividades que descurei por nítida falta de tempo: o tempo não dá para tudo e devo geri-lo criteriosamente.

Agradeço a todos os leitores e comentadores que por aqui têm passado, sem os quais a divulgação deste tipo de assuntos, da forma como a faço, não faria sentido. Os leitores mais atentos decerto repararão que alguns posts foram muito enriquecidos, mesmo mais, só fazem sentido, com a contribuição que vieram a ter por parte de quem comentou, acrescentando e superando o valor do texto inicial. Se não tenho mais pessoas a verem este blogue de certeza que a culpa é minha. Mas o número não me preocupa. Interessa-me mais manter a confiança dos que aqui vêm com mais regularidade e atrair novos que verdadeiramente se interessem. É que há os que só pretendem fazer spam, como pode ver-se no número que foi apanhado automaticamente pelos meios próprios do blogue. E há ainda uns poucos casos de comentários que nada dizem e/ou não respeitam as regras da boa-educação, que senti, por isso, a necessidade de eliminar.

Em particular, e por ordem cronológica, quero salientar as contribuições, como comentadores, de  physike, nfaust, foreigner e António Ferrão.

Sinto que um blogue destes, com assuntos de níveis diversos e também de qualidade nem sempre conseguida, feita por um não matemático, não pode esperar grandes voos. Francamente isso não me preocupa: sei as minhas limitações, não sou competitivo a não ser comigo próprio e dá-me prazer partilhar com quem me tem lido o que produzi.

Obrigado a todos os visitantes.

Edição de 18-5-2009: um leitor chamou-se a atenção para um erro na escrita da fórmula usada no exercício referido no 1.º parágrafo. Corrigi a fórmula, mas o exercício deixou de fazer sentido, como exemplo simples de integração. (*) editado o 1.º parágrafo em 4-6-2009.

Sobre Américo Tavares

eng. electrotécnico reformado / retired electrical engineer
Esta entrada foi publicada em Blogue. ligação permanente.

2 respostas a A necessidade de moderar o ritmo de entradas publicadas

  1. nfaust diz:

    Caro Américo

    É com imensa pena que vejo o senhor parar as postagens. Espero sinceramente que isto não seja um adeus mas um até já.
    Eu também descurei um pouco o meu blog pois tive que me empenhar numa série de actividades que requerem paciência e concentração. Uma delas foi ter de escrever a minha tese (já entregue).
    Por isso Américo, é sempre bom fazer uma pausa para balanço. Vai ver que novas ideias irão surgir para continuar a disseminar no seu blog.

    Um forte abraço

    Nelson Faustino

  2. Caro Nelson

    Felicito-o pela escrita da sua tese.

    Quanto ao meu blog, é um abrandamento, pelo menos assim penso.

    Um grande abraço

    Américo Tavares

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s