1 bilião é igual a 1000 000 000 000 em Portugal e a 1000 000 000 nos Estados Unidos

Nesta entrada do lugar do conhecimento está um vídeo, originalmente do ExpressoMultimedia,  de Nuno Crato que fala sobre o bilião:

Actualização de 16-3-2008: incluído link para esta entrada

Adenda de 14-4-2008: poderá ver também o artigo de Paulo Correia, Direcção-Geral da Tradução – Comissão Europeia, Em torno do bilião, a folha, Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias, Nº 18 – Primavera de 2005, p.14.

Adenda de 19-4-2008: poderá ver ainda os comentários desta entrada do Abrupto e esclarecer-se melhor sobre os vários pontos de vista, conceitos,  e  utilização de facto de uma ou outra terminologia, em determinado contexto. Pessoalmente não tomo partido: limito-me a constatar a situação.   

Sobre Américo Tavares

eng. electrotécnico reformado / retired electrical engineer
Esta entrada foi publicada em Matemática, Vídeo com as etiquetas . ligação permanente.

7 respostas a 1 bilião é igual a 1000 000 000 000 em Portugal e a 1000 000 000 nos Estados Unidos

  1. norberto amazonas diz:

    Caro Senhor,

    Devo informar que tirei a 4.ª Classe em 1963 e aprendi que um bilião é composto por 1 000 000 000.

    • Caro Senhor amazonas,

      Cópia da capa e da página 26 do Compêndio de Matemática de Álvaro Sequeira Ribeiro do 1.º ano do Curso Liceal, 4.ª edição, 1961.

      (Clicar para ver bem a tabela)

    • Transcrição parcial:

      «(…)
      Para a leitura de números (…) teremos de arranjar nomes para designar as diferentes unidades, que se dispõem por ordens.
      Para ser mais simples os nomes das unidades e mais fácil leitura dos números, juntam-se as várias ordens de unidades em grupos de três, chamados classes (…)

      Classe das unidades
      ordem zero, unidade simples
      1.ª ordem, dezena
      2.ª ordem, centena

      Classe dos milhares
      3.ª ordem, milhar
      4.ª ordem, dezena de milhar
      5.ª ordem, centena de milhar

      Classe dos milhões
      6.ª ordem, milhão
      7.ª ordem, dezena de milhão
      8.ª ordem, centena de milhão

      Classe dos milhares de milhão
      9.ª ordem, milhar de milhão
      10.ª ordem, dezena de milhar de milhão
      11.ª ordem, centena de milhar de milhão

      Classe dos biliões
      12.ª ordem, bilião
      13.ª ordem, dezena de bilião
      14.ª ordem, centena de bilião
      (…)

      Podíamos continuar com as classes dos milhares de bilião, dos triliões, etc.
      (…)»

      No exercício 6. c) da página seguinte pede-se para escrever a leitura de

      2 904 072 300

      tendo eu escrito: dois milhares de milhão, novecentos e quatro milhões, setenta e dois milhares e trezentas unidades.

  2. LMS diz:

    Obrigado pelo esclarecimento. Já andava neste dilema há algum tempo e já tinha até ouvido as duas explicações. Esta entrevista ao professor Nuno Crato e a transcrição parcial do compêndio de Matemática deixaram-me esclarecido. Tenho apenas uma dúvida, já quase respondida pelo seu último comentário: devemos sempre intercalar as classes de bilião, trilião (e por aí fora) com milhares de… até ao infinito?

    • Sim, nesta nomenclatura a mudança de denominação faz-se de seis em seis dígitos. Os “milhares” podem substituir-se por “mil”. Transcrevo do Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias, Nº 18 – Primavera de 2005, p.15.

      «A norma portuguesa NP-18 (1960) «Nomenclatura dos Grandes Números» consagrou essa recomendação. O Código de Redacção Interinstitucional (CRI) segue a norma portuguesa. Assim:

      1 milhão 1 000 000
      1000 milhões 1 000 000 000
      1 bilião 1 000 000 000 000
      1000 biliões 1 000 000 000 000 000
      1 trilião 1 000 000 000 000 000 000
      1000 triliões 1 000 000 000 000 000 000 000
      1 quatrilião 1 000 000 000 000 000 000 000 000»

      Para os números grandes é usual utilizar a notação científica: 1 quatrilião será 10^{24}. Mas na verdade poucas vezes se lerá por extenso um número como

      1 000 020 000 000 000 700 000 000

      (a nota de rodapé da página digitalizada diz: «os números muito grandes, porém, escrevem-se mas não se lêem»).

  3. ana carolina diz:

    eu acabei de perde o meu tempo

    • edilene diz:

      adorei esta explicação. Parabéns. quem entende e olha ja se lembra do professor. agora quem não compreender o quadro do valor. olha e responde isso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s